Laserlipólise

 

O que é?
Técnica que utiliza um aparelho a laser para otimizar a lipoaspiração. O equipamento possui uma haste de fibra óptica semiflexível e, em sua extremidade, dois tipos de laser, um que atua na quebra das células de gordura e o outro na produção das fibras de colágeno e sua retração, diminuindo a possibilidade de ocorrer flacidez após a lipoaspiração. A técnica pode ser realizada em qualquer área corporal através de pequenas incisões de 5mm.
 
O resultado é uma recuperação mais rápida, com menos formação de hematomas, inchaços e dores no pós-operatório e também uma pele de melhor qualidade após a cirurgia.

Como funciona?
Devido à seletividade do laser, durante o procedimento, somente as células de gordura são lesadas, o que gera calor e dissolve a gordura, que é aspirada por outra cânula ou é naturalmente eliminada pelo sistema linfático. Na lipoaspiração convencional, a gordura é aspirada sob a forma de grumos e é por isso que se faz aquele movimento de vaivém com a cânula. Por causa disso, na lipoaspiracão convencional, há mais inchaço, dor e equimoses, aumentando o tempo de recuperação. Com o método de  LASERLIPÓLISE, a fina haste de quartzo do aparelho emite um feixe de luz que age na camada gordurosa, liquefazendo estas células.
Além disto, também atua na derme profunda (área do colágeno) estimulando intensamente sua produção, o que melhora a estrutura de sustentação da pele, diminuindo sua flacidez. Após esta fase, pode-se introduzir uma fina cânula para aspirar a gordura liquefeita. Caso o volume de gordura a ser eliminada seja pouca ou, caso seja a vontade do paciente, pode-se prescindir da aspiração e a gordura liquefeita será absorvida gradualmente pelo sistema de defesa do organismo.

Como é a cirurgia?
Apesar de moderno, o procedimento continua sendo invasivo, portanto deve ser realizado em centro cirúrgico de clínica ou hospital autorizado e equipado adequadamente.
As contraindicações e os cuidados pré-operatórios são os mesmos da lipaspiracão convencional. Não é necessária internação (caso o procedimento seja realizado com anestesia e local) ou então deve durar no máximo 24 horas (caso utilize-se outros tipos de anestesia).
É uma cirurgia de médio porte. Na maioria dos casos, o período de internação no hospital não costuma ser superior a 24 horas.
A paciente é submetida a lipoaspiração em centro cirúrgico adequado. Durante a cirurgia ocorre a sucção das células de gordura através de pequenas cânulas, de diferentes diâmetros, através de pequenas incisões na pele ( aproximadamente de 0,5 cm) o que permitirá ao cirurgião plástico o aperfeiçoamento do contorno corporal.
A laserlipólise, apesar de ser um método mais seguro, exige os mesmos cuidados e procedimentos de segurança devem ser observados como para qualquer outra cirurgia.

Como é a Anestesia?
Pode ser geral, peridural ou local com sedação.

Como é o pós-operatório?
 
O processo de recuperação costuma ser bastante tranquilo, sendo menos desconfortável que no método tradicional . Por ser menos agressiva, a recuperação é mais rápida.
Nos dez primeiros dias, o paciente deve guardar repouso relativo, evitar praticar exercícios físicos pesados, como levantar peso ou fazer longas caminhadas.
No pós-operatório, o uso de cinta de compressão é obrigatório por 30 a 60 dias. para evitar edema e facilitar o processo de cicatrização.
Como quase não há sangramento haverá equimoses (áreas arroxeadas) na pele, porém, em quantidade menor.
O calor ainda estimula a produção do colágeno, que diminui a flacidez na área.

O resultado é uma cirurgia com menor trauma corporal, uma remoção significante de gordura e um considerável aquecimento dérmico, o qual tem demonstrado causar um benéfico efeito de retração da pele, ou seja, a pele acompanha a diminuição do volume.
Desconforto local é comum nas primeiras duas a três semanas podendo fazer uso de analgésicos. Nos locais por onde foram introduzidas as cânulas o médico faz um ou dois pontos que devem retirados entre cinco a sete dias.
A realização de sessões de drenagem linfática a cada dois dias é até mais fundamental. do que na lipoaspiração convencional, pois é excelente para amenizar o inchaço, favorecer a drenagem das toxinas e do excesso de volume líquido da área operada e acelerar a eliminação das manchas roxas.

É proibido que o paciente tome sol por até dois meses após a cirurgia, pois mesmo que os arroxeados não sejam mais aparentes, se forem expostos à radiação ultravioleta, certamente promoverão o escurecimento da pele daquela região pela impregnação de um pigmento do ferro contido no interior das células do sangue. Este se fixa na pele como se fosse uma tatuagem, podendo persistir para sempre ou, na melhor das hipóteses, desaparecer espontaneamente após vários meses.

VANTAGENS DA LIPOASPIRAÇÃO COM LASER:
 
• Procedimento pode ser realizado sob anestesia local em caso de uma ou duas áreas a serem corrigidas.
• As incisões feitas para inserir a laser podem ser muito pequenas.
• Recuperação mais rápida – muitos pacientes podem voltar ao trabalho no dia seguinte (quando operam somente uma área).
• Menos hematomas.
• Menos inchaço.
• Menos desconforto do que a lipoaspiração tradicional.
• Procedimento menos traumático.
• Cicatrização mais rápida: menor perda de sangue reduz a formação de equimoses, dor, perda sanguínea e edemas.
• Grande retração cutânea – combate a flacidez de pele durante a cirurgia de lipoaspiração.
• Pele mais lisa – com menos possibilidade para ocorrer deformidades nos contornos.

DESVANTAGENS DA LIPOASPIRAÇÃO COM LASER:
 
• Pela maior facilidade alguns médicos que não são cirurgiões plásticos certificados usam a lipoaspiração a laser.
• O processo de “derretimento da gordura” gera calor, o que pode ser doloroso quando o procedimento for realizado anestesia local.
• A destruição da gordura requer um tempo maior de cirurgia.
• O equipamento é caro e torna o procedimento mais oneroso do que outras formas de lipoaspiração.




Consultas e Atendimento:
Av. dos Imarés, 804 - Moema
Tel.: 11 5533 6888

Design AC7StudioDesign e Programação DOAcomm
©2010/2018 - Dermacentro - Medicina Especializada - Todos os direitos reservados
Diretora Técnica: Eidi Motta Cardoso - CRM 74468 | Dermacentro - CRM 9211