Dermacentro - Tratamentos

Eletrofulguração de Pelos

Técnica que utiliza a corrente elétrica como fonte de agressão aos pelos indesejáveis. Através de uma agulha condutora de corrente elétrica que é introduzida dentro do folículo piloso, paralelo ao fio de cabelo, ocorre uma descarga elétrica que leva a um dano na estrutura do fio. A gravidade deste dano determinará o futuro do pelo em questão. Se este dano provocar a destruição definitiva das células germinativas daquele folículo piloso, ocorrerá a depilação definitiva deste pelo. Ou seja, o fio será destruído e não mais voltará a crescer. Se o dano for menos intenso pode ocorrer a eliminação temporária do mesmo ou seja, este cairá e demorará a voltar a crescer. Uma outra possibilidade é provocar o afinamento deste fio.

O processo pode ser repetido até ocorrer depilação total da região tratada. Antigamente, este era o único recurso técnico disponível para a eliminação dos pelos indesejáveis e hoje se encontra em desuso pela utilização dos aparelhos a laser. Atualmente, esta técnica é utilizada como complemento à técnica do laser, devido à dificuldade do tratamento dos pelos brancos por aquele método. Após o procedimento, pode ocorrer a formação de uma pequena crosta na superfície da pele, ao redor do orifício do pelo. Este se despregará naturalmente em alguns dias deixando em seu lugar uma mancha levemente escurecida que sofrerá processo de clareamento lento nas semanas seguintes. Nesta fase o sol é contra indicado.





Consultas e Atendimento:
Av. dos Imarés, 804 - Moema
Tel.: 11 5533 6888

Design AC7StudioDesign e Programação DOAcomm
©2010/2018 - Dermacentro - Medicina Especializada - Todos os direitos reservados
Diretora Técnica: Eidi Motta Cardoso - CRM 74468 | Dermacentro - CRM 9211