Preenchimento com Ácido Poli-L-Lático

 

O que é a Técnica de Preenchimento?
Técnica que se utiliza de substâncias preenchedoras para repor volume, remodelar contornos e corrigir pequenas assimetrias, com o objetivo de manter a harmonia e a beleza.
 
O que é?
Trata-se do Ácido Poli-L-Láctico. É amplamente utilizado no Brasil desde maio de 2005.
Seu objetivo é estimular a síntese de colágeno a cada sessão, sendo considerado um bioestimulador. Pela sua ação de estímulo à produção das fibras de colágeno, proporciona efeito progressivo de melhora da flacidez, produzindo efeito lifting e reestruturando a pele, É biocompatível, inteiramente absorvido (biorreabsorvível), com raríssimas reações alérgicas (hipoalergenico).

Para que se usa?
Excelente técnica de estimulação dos fibroblastos, levando-os a produzir um novo colágeno, mais denso e organizado.
Preconiza-se a realização de três ou mais sessões mensais, dependendo do caso.
Por funcionar como uma técnica de bioestímulo, seus resultados somente são observáveis depois de transcorridas algumas semanas iniciais. Em contrapartida, são duradouros, sendo observáveis evidentes sinais de melhora até 18 meses após a última sessão.
Melhor opção terapêutica para regiões com flacidez.
Indicado para a correção determinados tipo de sulcos e rugas já instalados; principalmente quando associados a perda de contorno e estrutura do rosto.
Boa opção como volumizador facial para repor suprir a perda do contorno que advém da atrofia de gordura, somada a deterioração do colágeno, reabsorção da estrutura óssea e ação da gravidade.

Como é o Procedimeto?
O procedimento é simples, rápido, realizado no consultório, sob anestesia tópica (cremes anestésicos) ou anestesia local (semelhante à usada pelos dentistas),
A substância preenchedora é aplicado na camada dérmica, criando estruturas que servirão de suporte para o colágeno que será produzido, aumentando o tônus da pele e a sua sustentação.
Os resultados são progressivos, sendo perceptível melhora ate o sexto mês após a ultima sessão.

Como é o Pós-Procedimento?
Não são necessários cuidados especiais nem o afastamento das atividades de rotina nos primeiros dias depois de sua realização.
Imediatamente após o procedimento, pode ocorrer inchaço, vermelhidão ou arroxeamento temporário. Estes normalmente involuem e desaparecem espontaneamente em alguns dias.
Podem ser aplicadas compressas geladas por cerca de dez minutos a cada 3 horas nos dois primeiros dias após a sessão.
O uso de analgésicos é desnecessário.
Maquiagem corretiva pode ser aplicada imediatamente após o tratamento.
Procedimentos de apoio como drenagem linfática facial, sessões de ultrassom e fototerapia por LED podem ser usados associados nos primeiros dias após o procedimento, uma vez que aceleram o processo inflamatório, facilitando a eliminação dos inchaços e arroxeados.
Durante o período em que houver manchas arroxeadas, podem ser aplicadas pomadas próprias para sua redução. Neste período, o sol deve ser evitado.
Exercícios podem ser retomados em aproximadamente vinte e quatro horas após a sessão.




Consultas e Atendimento:
Av. dos Imarés, 804 - Moema
Tel.: 11 5533 6888

Design AC7StudioDesign e Programação DOAcomm
©2010/2018 - Dermacentro - Medicina Especializada - Todos os direitos reservados
Diretora Técnica: Eidi Motta Cardoso - CRM 74468 | Dermacentro - CRM 9211