Lipoenxertia

O que é a Lipoenxertia?

Também conhecida popularmente como lipoescultura, é um procedimento cirúrgico que consiste na lipoaspiração de determinado volume de gordura de certa área e sua posterior reinjeção em uma outra região, com o objetivo de  aprimorar o contorno corporal. Com esta técnica é possível aumentar o volume de determinadas áreas e corrigir regiões com leves depressões.


Como é a Anestesia?

Pode ser geral, peridural ou local com sedação, dependendo do volume de gordura a ser enxertado e do número de regiões a serem tratadas.


Como é a cirurgia?

O procedimento inicia-se com a  retirada de gordura de determinada região (lipoaspiração). Esta é preparada por meio de centrifugação e filtragem e, por fim, enxertada em uma nova área.

É uma cirurgia de pequeno a médio porte. Na maioria dos casos, o período de internação no hospital não costuma ser superior a 24 horas.


Como é o pós-operatório?

Os pontos são retirados após uma semana. A dor é de média intensidade, sendo mais caracterizada como um desconforto que cede prontamente com a ingestão de analgésicos ou antiinflamatórios. É esperada a ocorrencia de edema (inchaço) e equimose (roxidão), que geralmente regridem em até 21 dias. Sessões de drenagem linfática manual ou de aparelhos de ultrassom de alta potência são recomendados para abreviar o tempo de recuperação e evitar fibroses. Não é recomendada pressão direta e excessiva sobre a área enxertada nos primeiros dez dias após a cirurgia para evitar a reabsorção precoce da gordura. Deve-se evitar exposição solar das áreas operadas por 30 dias no mínimo, sendo importante o uso de bloqueadores solares ininterruptamente por até 6 meses após a cirurgia. 
 

Onde ficam as cicatrizes?
Geralmente, são pequenas e pouco visíveis, pois ficam estrategicamente localizadas em sulcos ou pregas.

 

Os resultados são duradouros?
O resultado final alcançado é bastante satisfatório.
Sua duração é bastante variável, sendo estimado que a gordura injetada é parcialmente absorvida pelo organismo no período aproximado de quatro a seis meses.


É possível ocorrer complicações?
Apesar de ser extremamente raro, por se tratar de um procedimento cirúrgico, existe chance de haver problema.
Investigação e preparo pré-operatório, bem como observância às orientações  pós-cirúrgicas são fundamentais para evitá-los.
Dentre as incomuns situações, podemos citar: hematomas, deiscência da sutura (ruptura dos pontos), alterações da cicatrização, infecção e problemas anestésicos.





Consultas e Atendimento:
Av. dos Imarés, 804 - Moema
Tel.: 11 5533 6888

Design AC7StudioDesign e Programação DOAcomm
©2010/2018 - Dermacentro - Medicina Especializada - Todos os direitos reservados
Diretora Técnica: Eidi Motta Cardoso - CRM 74468 | Dermacentro - CRM 9211