Dermacentro - Tratamentos

Terapia Fotodinâmica para Lesões Malignas e Pré- Malignas

Terapia Fotodinamica é o nome dado a um novo tipo de técnica dermatológica que consiste na utilização terapeutica de uma reação fotoquímica que é um tratamento que combina a ação de uma fonte de luz a uma droga fotosensibilizante. Esta é uma substancia  que capta a luz com elevada eficiencia, de modo a atrair a energia de seus raios para o interior das células que se desejamos tratar.

O agente fotosensibilizante  é o Ácido Amino Levulínico ( ALA ) que,  ao ser aplicado na pele impregna-se nos tecidos tumorais malignos e pré-malignos, levando-os a captar a irradiação luminosa que será direcionada e concentrada nesta área crítica.

Ao ocorrer a iluminação, as células impregnadas pelo ALA  produzirão uma reação de toxicidade, ou seja, ocorrerá  a degradação do ALA em  substancias altamente tóxicas que inviabilizarão e provocarão a parcial destruição destas próprias células.

 

Como é o Tratamento?

A sessão inicia-se com a curetagem das lesões malignas e pré-malignas, o que produzirá material para coleta de exame anatomo-patológico, que  nos dará o diagnóstico histológico da lesão retirada.

 

A seguir, é feita a aplicação do ALA, seguida da aplicação de um curativo à prova de luz que deverá permanecer aproximadamente  3 horas, até a aplicação da fonte de luz sobre a lesão tratada. São utilizados aparelhos especiais para a emissão de vermelha.

Caso não haja cura total da lesão, nova sessão terapeutica deve ser realizada no prazo de duas semanas.

 

Como é o pós-procedimento?

Após a aplicação,  é imprescindível afastar-se de qualquer tipo de luz nas primeiras 48 horas , sob pena de acentuada piora do ardor e vermelhidão do local.

No local das lesões curetadas, surge uma espessa crosta que se desprenderá espontaneamente em até duas semanas.

O tratamento do local deve ser feito com cremes antibióticos. Curativos são opcionais, mas, caso sejam adotados, devem sempre permanecer secos, além de serem  trocados diariamente para evitar a contaminação secundária da ferida.

Após o desprendimento da crosta, a área tratada pode apresentar coloração avermelhada. A exposição ao sol é completamente contra-indicada até a recuperação total da pele da área tratada.

 

Como são os resultados?

É uma excelente opção terapêutica para diversos tipos de tumores da pele, pois elimina de 80 a 100 % das lesões em uma única sessão, embora a reaplicação seja prevista.

Em relação à retirada cirúrgica, apresenta estatísticamente resultados  superiores dada a seletividade do produto fotossensibilizante pelas células alteradas, o que praticamente elimina a possibilidade da persistencia de margens cirúrgicas comprometidas lateralmente.

 

Conclusão:

Técnica de vanguarda no arsenal de tratamentos dermatológicos , pois, diminui a necessidade de grandes procedimentos cirúrgicos no tratamento de lesões malignas e pré-malignas de pele, o que reduz o tempo de recuperação pós-procedimento e promove melhor resultado estético.





Consultas e Atendimento:
Av. dos Imarés, 804 - Moema
Tel.: 11 5533 6888

Design AC7StudioDesign e Programação DOAcomm
©2010/2018 - Dermacentro - Medicina Especializada - Todos os direitos reservados
Diretora Técnica: Eidi Motta Cardoso - CRM 74468 | Dermacentro - CRM 9211